Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A BUNDA

Tão faceira,
passa por mim
e parece sorrir.
Brasileiro que sou,
dou uma leve olhada
e retribuo o sorriso.

Dentre tantas curvas,
sinuosidades,
formas arredondadas
esculpidas pelo cinzel divino,
com certeza, essa parte
do corpo feminino
é a mais musical.

Repara o ritmo:
bum-dá! bum-dá! bum-dá!
E lá vai subindo a ladeira,
visão do paraíso.

Cá entre nós:
uma celulite bem colocada
é mais bela
do que um osso anoréxico.

Deus abençoe as mulheres!
E me perdoe esse poema
docemente machista...

Francisco C
Enviado por Francisco C em 24/11/2006
Reeditado em 04/12/2006
Código do texto: T300333

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (www.franciscocampos.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Francisco C
Porto Velho - Rondônia - Brasil, 48 anos
363 textos (25669 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 16:49)
Francisco C