Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Equilíbrio

Mãos atentas na ostentação de minha leveza,
acraricío o passar das horas num desalento.
Sempre invento um novo toque.
E a frescura dos dias me asfixía.
Me agarro a um pressentimento antigo,
enquanto minha mente se conserta,
tão loquazes são estes dias
de morenas tardes
e promessas vazias.
Novos nomes se somam à composição,
melodias, tempos e derivações...
E os pratos, de mãos dadas,
lutam para assim estarem:
em alturas mesmas.
Dil Erick
Enviado por Dil Erick em 24/11/2006
Código do texto: T300454
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Dil Erick
Macapá - Amapá - Brasil, 29 anos
325 textos (13532 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 04:51)
Dil Erick