Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Grito.

Pobre poeta,
brinca com as palavras,
Por não na saber brincar de amar,
Brinca com a vida, por não saber viver,
Brinco de ser poeta, por não saber chorar,
Sou forte por me sentir sozinho, sou sozinho por ser fraco,
Não sei, acreditar em tudo o que achava tão certo,
Minha força acabou, de tudo o que restou, poeticamente eu grito,
E quem sabe entendam o que quero dizer,
Tristemente eu digo que essa poesia sabe machucar,
Tristemente eu digo, que apesar de tudo, ainda sou vilipendiado,
Pobre poeta,
Brinca com as palavras, por não saber amar,
Pobre poeta,
Faz poesia, por não saber chorar,
Pobre poeta,
Sabe que é anjo, mas esqueceu como voar....
Leo Magno Mauricio
Enviado por Leo Magno Mauricio em 02/07/2005
Código do texto: T30088
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Leo Magno Mauricio
Guarulhos - São Paulo - Brasil
455 textos (14413 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 03:31)
Leo Magno Mauricio