Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Utopia.

Amor, uma idéia fantástica,
Impossível de realizar, de existir,
Utopia, amor, uma invenção,
Fantasia, minha aspiração, mentira,
Uma lembrança, um sonho, pesadelo.
Uma dor de verdade, uma dor que não suporto mais,
Inimigo dos desavisados, um caminho difícil,
E hoje tudo esta perdido, que dor no peito,
Terrível solidão, insiste em me deixar doente,
Um beijo, frio, sem sentido ou sentimento,
Não acredito mais em poesias, o amor nunca existiu,
Nunca, até me provarem o contrario,
Eu conheço apenas essa tristeza, diária e constante,
Essa dor dentro de tudo, minuto a minuto me destruindo,
O amor, um jeito de controlar os puros, de tirar a inocência,
O que dizem ser doce,
E nada mais pode ferir, sou o homem pedra,
E todas vocês, que um dia passaram por mim,
Nada valeu, vocês nunca existiram, nenhum beijo foi doce,
Só roubaram de mim, só me machucaram, destruíram a minha inocência,
O amor é só essa dor ?, é só isso que me mata todos os dias?,
Se o amor é isso, prometo nunca mais amar ninguém,
E todo esse tempo que perdi, prometo nunca mais recuperar,
Prometo deixar de existir, logo que o amor é uma mentira,
Me torno o maior de todos os mentirosos,
Eu não sou mais capaz de acreditar,
Não sei mais quem sou, não sei mais se os anjos existem,
Não acredito mais na minha força,
Se o amor existe, peço a Deus que me prove,
Não me machuquem mais, por favor,
Ta frio de mais .
Leo Magno Mauricio
Enviado por Leo Magno Mauricio em 02/07/2005
Código do texto: T30091
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Leo Magno Mauricio
Guarulhos - São Paulo - Brasil
455 textos (14412 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:06)
Leo Magno Mauricio