Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
CANSEI!!!!

Cansei de entender...
Que luz e cor há de pôr cintilância
na tela que foi vermelho sangue?

A casa está fria e gélidos os que a habitam.
Ah, Proscrito, a casa minha está em dor...
Por que não chamas a Gustav e conta isso a ele?
Quem sabe não se compadeça
e da arte na paleta - do tempo - crie nova cor ?
Conta a ele que tu já não te deixas imantar,
nem cantas mais, para mim, teus versos enrubescentes.

Cansei de sofrer...
Porque um dia tudo cansa.
A sonoridade que me fala
ouço-a nas mesmas canções de outrora.
Tornaram-se tristes cantilenas.
Cansei de ser encantada por uma melodia
que me leva e não me deita.

15/11/2006
Divina Reis Jatobá
Enviado por Divina Reis Jatobá em 25/11/2006
Reeditado em 07/07/2008
Código do texto: T301456

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Divina Reis Jatobá
Brasília - Distrito Federal - Brasil, 55 anos
289 textos (39970 leituras)
6 áudios (1218 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 08:35)
Divina Reis Jatobá