Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Viajante do Tempo



Os tempos se revoltam
Os anos setenta com os noventa
Os anos oitenta com os dois mil
Como se faz com um cão
Se chama o medo com um assobio

Que os tempos se revoltam
Todo mundo já sabe
Que os tempos não voltam
Que isto seja mentira
Pois na ponta de uma caneta
Eu ponho o tempo a fio

Como discutir com Marx
Ou quem sabe com Leão V
Visitar mil parques
Ou beber um vinho tinto

Se eu puser na ponta da pena
A força de minha razão
Posso voltar uma centena
E viajar a cada vagão
Conhecer cada minúcia
Dos grandes tirar a astúcia
Para buscar uma solução
Chesman Emerim
Enviado por Chesman Emerim em 26/11/2006
Código do texto: T301809
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Chesman Emerim
Sombrio - Santa Catarina - Brasil, 30 anos
64 textos (10719 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 18:44)
Chesman Emerim