Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

LUTA PELA RESISTÊNCIA

           Aos indígenas do Brasil

Eu aqui vivia em paz
Com todo respeito à natureza
Que me dava a caça, o pescado
E a exuberante beleza.

O meu irmão comigo vivia
Como exemplo de união
Defendíamos nosso povo
Com bravura e determinação.

Aí vieram os bandeirantes
Tentando me aprisionar
E com toda ganância
Quase conseguiram me escravizar.

Por outro lado, os padres
Que vieram me catequizar
Destruíram minha cultura
Até minha língua deixei de falar.

Misturaram-se com outros povos
E a minha cultura se perdeu
As minhas terras, a vida
Tuda nas mãos do europeu.

Embora quase extinto
Sobrevivo na minha consciência
Luto, sou diferente
Sou a luta pela resistência.


Poema escrito em 07/03/2000.
GENERINO GABRIEL
Enviado por GENERINO GABRIEL em 28/11/2006
Reeditado em 18/02/2013
Código do texto: T303945
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GENERINO GABRIEL
Juazeiro - Bahia - Brasil, 47 anos
39 textos (2758 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:45)
GENERINO GABRIEL