Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Longe da compreensão


Tempestade de flores
Gritos dos que sentem dores
Mas a chuva te espera
Pra esquecer que a primavera
Nesse ano não chegou
Riachos de sangue cortam um sentimento
Bosque de almas sem fundamento
Árvores caminham sob a brisa
Longe da compreensão
Testemunhas não acreditam
Em tal imaginação
Vulcões surgem nas paredes do meu cérebro
Um sinal que o final
Finalmente chegou.
Cláudio Oiticica
Enviado por Cláudio Oiticica em 29/11/2006
Código do texto: T304633
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cláudio Oiticica
Salvador - Bahia - Brasil, 46 anos
17 textos (434 leituras)
5 áudios (951 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:23)
Cláudio Oiticica