Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
(google imagem)

Estilhaços...



Cacos estilhaçados pelo chão, sinais de acidente, evidentes...
Fragmentos de violência, sangue por toda a parte...
Foi batida?
Não!
Atropelaram!
Está lá, despedaçado, fragmentado, o pobre coração...

Não se sabe ainda quem foi o culpado,
Pois andava desavisado,
Talvez a culpa seja da imaturidade...
Talvez da ansiedade...
Talvez da solidão...
Talvez porque perdeu a razão...

Quem vai saber? Coração apaixonado é assim...
Tem que ser ligado,
Tem que ser preparado,
Tem que ser fortificado,
Para não ser devorado pelo Cupim...

Desilusão pode ser fatal!
Quem não sofre desse mal?
Prepare-se!
Fortaleça-se!
Pois, ninguém, há que possa afirmar,
Que nunca se apaixonou ou irá se apaixonar...

É maravilhoso amar, mas nem sempre se pode ser correspondido.
É maravilhoso se apaixonar, mas nem sempre pode ser vivido.
É maravilhoso sonhar, mas pode ser apenas utopia.
Viva aos poucos o sentimento dia após dia...

Coração enclausurado vai ficar
Porque foi se apaixonar
Por alguém errado,
Desalmado.
Apaixonado coração,
Só foi mais uma vítima da desilusão...

Desilusão pode ser fatal!
Quem não sofre desse mal?
Prepare-se!
Fortaleça-se!
Pois, ninguém, há que possa afirmar,
Que nunca se apaixonou ou irá se apaixonar...


simonemoreira
Enviado por simonemoreira em 11/08/2011
Reeditado em 09/12/2011
Código do texto: T3152777

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
simonemoreira
Volta Redonda - Rio de Janeiro - Brasil, 36 anos
1713 textos (83460 leituras)
1 e-livros (95 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 22:57)
simonemoreira