Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Penúltimas palavras

Sempre confundo dias e datas que não tem como confundir
e invento desculpas para o indesculpável,
meu universo está em desconstrução.
Bombas me acordam os sentidos
e pintam de vermelho o azul dos olhos dela,
lágrimas banham as flors já mortas
e desesperança acena da janela entreaberta
as ruas não ficam desertas
pois são campos de batalha disfarçados de cotidiano
Mando fotos e fatos me cercam de carência
minhas mãos ardem sem o contato de tua carne.
Minha boca seca, as razões não são compatíveis com os desejos
e o que procuro meus pés tocam mas a verdade é melhor
Jim d
Enviado por Jim d em 08/07/2005
Código do texto: T32228
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jim d
Tupã - São Paulo - Brasil, 38 anos
46 textos (1877 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 23:01)
Jim d