Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Filhos do amor

Vendo a vida passar, cabelos brancos a aparecer.
Inconformado, não acreditando no amor.
Assistindo a injustiças, sem nada poder fazer.
Via os dias passarem, vegetava, não sonhava.

Sem esperanças de ver uma flor nascer, não pensava.
Sorria apenas para esconder o que realmente sentia
Lagrimas que as dores da solidão faziam rolar, escondidas.
Para não entristecer aqueles que nada entendem ainda

A quem o destino me incumbiu de educar e faze-los felizes
Guardando minha dor, dando uma vida cheia de carinhos.
Não deixando, nunca a frieza de meus sentimentos os abater.
Mostrando o jardim da vida, cheio de flores lindas a regar.

Dando a vida, e da vida o que de mais importante carrego.
A energia do amor.
JR Cruz
Enviado por JR Cruz em 09/07/2005
Reeditado em 21/09/2013
Código do texto: T32589
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JR Cruz
São Paulo - São Paulo - Brasil, 55 anos
293 textos (31749 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 17:00)
JR Cruz