Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

BRASÍLIA E MAIS BRASÍLIAS

COMEÇO DA SEMANA
SEGUNDA
NOITE AINDA
ABRO A AGENDA
VEJO QUE TEREI QUE FAZER
VAMOS LÁ
POETA NÃO TEME NADA
ELE SABE MUITO BEM A VIDA LÁ FORA
POIS ISSO QUE ELE ESCREVE
SABE O PESO DA RESPONSABILIDADE
DE ESCREVER PARA NÃO AMARGURAR SEUS (E)LEITORES
TEM DIAS QUE A COMPARAÇÃO COM A VIDA REAL
É ABSTRATA
O RESTO É QUE NOS MATA
VER ALGO ERRADO E NÃO PODER CONSERTAR
TERÁ QUE ESCREVER PARA ALIAVAR A DOR
DOS
LEITORES
ELEITORES
SERÁ QUE OS POLÍTICOS TERÃO A SENSIBILIDADE NOSSA?
AH!
NÃO FAÇA EU RIR
NO COMEÇO DA SEMANA
A SEMANA VAI ENCHENDO A CABEÇA DE BRASÍLIA
PORQUE TANTAS BRASÍLIAS?
NÃO PARARAM DE FABRICAR?
AH! LÁ É A FÁBRICAS DAS LEIS E DAS ORDENS
DE RECEBEMINTOS PRÓPRIOS E DOS SEUS FAMILIARES
BRASÍLIA E MAIS BRASÍLIAS
TODOS DIRIGEM BRASÍLIA E BRASÍLIAS
E O POVÃO FICA NAS PARADAS
DO SUCESSO DA MÍDIAS
DA MÚSICAS
DOS TRENS
DOS ÔNIBUS
DAS LOTAÇÕES
DOS TAXIS
A FILA É ENORME
DO POVÃO
DE BRASÍLIA E DAS BRASÍLIAS
TAMBÉM
Milton Nunes Fillho
Enviado por Milton Nunes Fillho em 11/07/2005
Reeditado em 11/07/2005
Código do texto: T32887
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Milton Nunes Fillho
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 55 anos
1141 textos (460570 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 06:14)
Milton Nunes Fillho