Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A quem?

No mesmo e inseguro olhar,
onde persegues a esperança,
d’onde ora sua lembrança e
agora busca o que é amar.

Em tantos ares havia,
como a Lua o que brilhar,
fez tamanho o admirar e
o tempo e o sentimento se esvaia.

Põe amor nos versos que compor,
à penas do fruto que escrever,
não sabes o que sentir por você e
chora o que afinal é amor.

Tantas Luas por vir,
de muitas palavras enriquecer,
não mais transformará este ser e
certo somente “ser” feliz.
Vanderlei
Enviado por Vanderlei em 11/07/2005
Reeditado em 11/07/2005
Código do texto: T33059
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vanderlei
Espírito Santo do Pinhal - São Paulo - Brasil, 46 anos
83 textos (5353 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:09)
Vanderlei