Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VIREI CHINÊS**

VIREI CHINÊS
Vou virar chinês: só comerei arroz, lerei Lao Tsé e Chuan Tzu, e naturalmente serei confucionista. Vou sentar em lotus e me tornar budista.

Adeus maniqueísmo, eu já estou ficando louco. Quero só um pouco de silêncio, meditação. Chega de cálculo e frieza, quero a natureza como lição.

Vou vencer eu próprio, refrear meus desejos, conter ímpetos, desocupar espaços e me tornar útil, como uma vasilha para dela fazer bom uso.

Bem caminha quem não deixa rastros, quem entende a vida e abriga o simples, o são e o natural. Quem abraça o bem, sem negar o mal.

Chega de tanto pensar, procurar saída, correr atrás do futuro. Vou viver o aqui e agora. Conhecer-me inteiro. Superar desejos, praticar a inação.

Chega de tensão, aflição, bolsa de valores e celular. Viva o do-in, fengui chui, acupuntura, macrobiótica, ying-yang - unidade singular.
Célio Pires de Araujo
Enviado por Célio Pires de Araujo em 12/07/2005
Reeditado em 14/02/2016
Código do texto: T33445
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (autoria de Célio Pires de Araujo). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Célio Pires de Araujo
São Paulo - São Paulo - Brasil
1075 textos (32936 leituras)
2 e-livros (236 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:35)