Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RODEIO EMOTIVO

O crepúsculo desce
sobre o templo do Rio Grande,
na hora da Ave-Maria.

Andejo na virgem seara,
cruza de centauro pampiano
e de coloniais meirinhos
- o gaúcho – filho da terra,
rolando por sobre o Pampa,
alarga a geografia,
rasgando Mapas,
Cortes, Tratados,
e avança sobre o imigrante,
retrós por detrás de mim.

E assim, norte emotivo,
com sua Arte Nativa,
represa a evocação,
que sai do Sul em correntes,
competindo com pirilampos,
estrelas de olheiras roxas,
para a abóbada do Sem-fim.

Soturna entre os irmãos,
andarengos do atavismo campeiro,
gritedo das crianças
e canto dos grilos,
se vão formando comparsas,
essas estranhas raças
à roda do chimarrão.

E nesse concílio de traços,
cada um vai contando relatos,
saudando, em longos agrados,
estórias e causos de guerra,
pruridos do povo,
gemidos da terra.

Cada história que vem,
gemendo reminiscências,
é um comboio de trem
da charla continentina.

E o poncho da invernia,
soprando como um açoite,
traduz nessa agonia,
a humana tapeçaria.

– Do livro MODERNIDADE POÉTICA NO RIO GRANDE DO SUL, Porto Alegre: Caravelas/ Instituto Cultural Português, 1984, p. 36:7.
http://www.recantodasletras.com.br/poesias/35925
Joaquim Moncks
Enviado por Joaquim Moncks em 20/07/2005
Reeditado em 10/03/2008
Código do texto: T35925
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Joaquim Moncks). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Joaquim Moncks
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 70 anos
2581 textos (709650 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 10:38)
Joaquim Moncks