Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Conjecturas"

Conjecturas


No desfilar dos meus poemas

Quando cada palavra grita um tema

Rolando  a tela de minhas emoções

Rolam também meus soluços de paixões

Que entremeio num esgar de dor

Rolam sensações plenas de amor...

 
Se vêm coloridas e enriquecidas

Num deslumbrante esplendor

Embolam lágrimas, atropelam mágoas

Em paisagens rústicas, de amor e cor

Na tentativa de colorir angústias

De suavisar todo meu dissabor...

 
Bailam, no ar, arpejos e canções

Emaranhando rimas e tentações

Pululam esgarçadas liras de alucinações

No correr da tela, com minhas palavras

Esboçam risos, gargalham migalhas

De poemas ricos, rimando falhas...

 
E eu assistindo o palco dessas melodias

Bailando no ar sonhos e fantasias

Acompanho sem tentar modificar auroras

Pisando as luas que em vão criei

Minha sina de escrever que confiei

Agora solto versos sentidos, que imaginei...

 
Amigas, criam em lindas imagens

Dos meus soluços em suas paisagens

Pra colorir e suavisar as dores

Pintam quimeras, espargindo cores

Envoltas em melodias angelicais

Dando-me ilusões, mitigando meus ais...

 
Rolam, neste cenário, flores e ilusões

Pululam esferas de irreais paixões

Coloridas, em movimentos especiais

Que da memória de sofrer sorrindo

Nos escancarares de mistas visões

Amanso e, calma, esfacelo tentações...

 
Myriam Peres
Myriam Peres
Enviado por Myriam Peres em 20/07/2005
Código do texto: T36249
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Myriam Peres
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 86 anos
473 textos (54598 leituras)
5 e-livros (275 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:11)
Myriam Peres