Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

RECADO VIRTUAL DE SOBREVIDA

(para Oscar Bessi Filho, Capitão de Polícia)

Ontem, ao responder ao teu grávido recado
de antigreve, de manutenção do juramento
de centurião da Paz, garatujas surgiram.
 
Meros resmungos de nossas recíprocas,
dialéticas preocupações.

Estas manchas espirituais têm algo
dos traços comuns ao Real,
ao mundo das coisas e dos fatos,
e a Poesia surge:
alquebrada combatente lírica,
máscara sobre coisas,
resignadas bênçãos.

Fonte original da discussão, a instigação
nasce com o ferrete da homenagem,
do respeito, da gratidão à vida.

(perdoe-se o emocional,
é de nossa brasílica nacionalidade).

Segurança Pública
é um bem político precioso,
sonho dos que excluem e o dos excluídos.
Um por usufruto patrimonial,
o outro, por liberdade de estar vivo.

Parece que há muito a fazer no Real.
Ninguém quer o bilhete sujo do medo.

Do livro OVO DE COLOMBO. Porto Alegre: Alcance, 2005, p. 66.
Joaquim Moncks
Enviado por Joaquim Moncks em 25/07/2005
Reeditado em 26/09/2005
Código do texto: T37653
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Joaquim Moncks). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Joaquim Moncks
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 70 anos
2581 textos (709725 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:13)
Joaquim Moncks