Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Queima de arquivo

Por falta de opção
nasci

Sem abraçar o mundo
ao som de veludo
arco solitário já se desenhava

Por falta de opção
crescí

Acostado às margens do nadir
fiz avenida veloz
arterial pulsão de sonhos

Por falta de opção
maturei

Mortas ilusões
me visitam no entardecer avarandado
cadáveres perfumados de tristes crepúsculos

Bastou-me o pouco saber de um dia
nau sem capitão servil
sede de todas as águas bastadas
não saciou meu coração sozinho de mim

Por falta de opção
morri

Todas as primaveras
de ramos debulhados
Invernos pressentidos
outono apodrecido
amanheceram no último sol

registros de um próximo arquivo morto
leandro Soriano
Enviado por leandro Soriano em 26/07/2005
Código do texto: T37882
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
leandro Soriano
Santos - São Paulo - Brasil, 59 anos
199 textos (8376 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 12:06)
leandro Soriano