Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Bolero N° 1

Eu já lhe falei do mar,
Falei das ondas e das maresias,
E de naus por ele a navegar,
Nas quimeras de minhas poesias...
~
Também já lhe falei do amanhecer,
Com o sol nascendo sobre meus temas,
E minha na natureza, você pode reconhecer,
Que há sensibilidade em meus poemas...
~
Eu sempre lhe falei das flores,
Vibrando numa variada coloração,
Parecendo me emprestar suas mil cores,
E perfumando as linhas deste meu refrão...
~
Eu já lhe falei da vida e da morte,
De viver e morrer nestas nossas sinas,
Falei dos altos e baixos, de sul a norte,
Nos detalhes destas minhas rimas...
~
Já lhe falei do seu corpo no meu,
E do desejo que a pele invade,
Das evidências de um EU dentro do EU,
Nesta minha essência de vate...
~
Eu já lhe falei de rainhas e reis,
Mas sem me esquecer dos jagodes,
Falei do mundo, e de suas leis,
No sincretismo destas minhas odes...
~
Eu já lhe falei de dores incontidas,
E do sangue rolando das escalavras,
Mas elas notaram-se remidas,
Quando estiveram em minhas palavras...
~
Mas eu ainda não lhe falei de tudo,
E digo que há no mundo, algo que me completa,
E é o teu amor, que por vezes me põe mudo,
Mas faz brilhar a minha essência de poeta...
Marco Ramos
Enviado por Marco Ramos em 26/07/2005
Código do texto: T37957
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marco Ramos
Salvador - Bahia - Brasil, 47 anos
242 textos (16665 leituras)
5 áudios (355 audições)
3 e-livros (406 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 13:23)
Marco Ramos