Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poeta espezinhado nas galáxias...

Sou um poeta espezinhado
Nas galáxias do amor
Em órbita com a dor
Céu de emoção desprezado...

Minha nave projetando
Uma missão á felicidade!
Mas, neste planeta tudo parece falsidade!
Meu ideal está vergastado...

Ainda assim sinto!
A pressão desta paixão a tempo
Enquanto poeta tão espezinhado
Ai, ai ouça o meu grito...

Mesmo neste planeta
Eu creio!
Encontrar o anseio!
Da melodia mais romântica...

Benguela, 20/3/03

Nkazevy
Enviado por Nkazevy em 28/07/2005
Reeditado em 29/07/2005
Código do texto: T38400
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nkazevy
Benguela - Benguela - Angola, 30 anos
168 textos (11334 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:27)
Nkazevy