Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O dia da Rosa

       Da divisão de um elemento, nasceu um grão
      e na sinergia da sua partilha criou energia
      e na força de tudo aquecer, superou o vulcão.

     E naquele momento, surgiu a cobiça de tudo poder
       calando a boca de toda malícia num amanhecer.
    se o sonho era doce, se havia orvalho ou alvorecer
   mil olhos fecharam, mil corpos queimaram no entardecer.

       No ventre do enola com nome infeliz
        pariu um menino e empinou o nariz
        rasgando o céu com toda sua fúria
   despeja seu feto, infame decreto, delével juiz

     Um som estridente dissolve a matéria
      a pele que queima e o réu dilacera
    só resta a história em foto distante
      deserto opulento de perda gigante.

      O poeta escreveu em verso e prosa
     que o tortulho de dor e morte leprosa
     não era um horror, era imagem de rosa

               2005-08-01

Em 6 de agosto de 1945  às 8:15 da manhã, quando o avião apelidado de "Enola Gay," bombardeios B-29 que voando sobre Hiroshima, abriu a comporta e deixou cair sobre a cidade a bomba conhecida como "Little Boy"


            Rosa de Hiroshima
         (  Vinicius de Morais  )

           Pensem nas crianças
            Mudas telepáticas
            Pensem nas meninas
             Cegas inexatas
            Pensem nas mulheres
             Rotas alteradas
            Pensem nas feridas
            Como rosas cálidas
          Mas, oh, não se esqueçam
              Da rosa da rosa
            Da rosa de Hiroshima
            A rosa hereditária
             A rosa radioativa
            Estúpida e inválida
            A rosa com cirrose
           A anti-rosa atômica
           Sem cor sem perfume
            Sem rosa sem nada.
marquesK
Enviado por marquesK em 01/08/2005
Reeditado em 06/08/2010
Código do texto: T39493
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
marquesK
São Paulo - São Paulo - Brasil, 96 anos
58 textos (9213 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 09:07)
marquesK