Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Treze horas, treze minutos, treze segundos

Somos destinados a viver, a sofrer
Para que esperar a hora de morrer?
Se tudo está em nossas mãos,
Porque estamos todos no mesmo caldeirão?
Porque loucos todos somos
Horas, minutos e segundos,
Inventamos para poder dizer:
“Não deu tempo...”
Tempo temos de sobra,
O que não sabemos é aproveitar.
Viver sem dor,
Viver sem chorar,
Viver com amor,
Será que sabemos o que é preciso para viver?
A vida passa como um trem,
E não conseguimos chegar a estação,
O tempo não passa, o tempo não voa,
Se soubermos viver com emoção.
Um dia saberemos aproveitar cada segundo
Mostraremos a todos que somos capazes
Sem continuarmos a destruir o mundo
Sairemos do comum
Treze horas, treze minutos, treze segundos
Aqui é lugar nenhum.

João Valio
Enviado por João Valio em 05/08/2005
Código do texto: T40593
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
João Valio
Sorocaba - São Paulo - Brasil, 31 anos
72 textos (5476 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 15:00)
João Valio