Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Atômico

Em cima de um pé de caju
Eu vi o fogo e o quente em minha pele
Senti o vermelho queimar o som
Cheirei o som com o inconsciente em sangue fedido
Levitei com força na parte inferior
Voei em plena liberdade mentirosa
Por homens que são grades de titânio
Titânio de petróleo
Enquanto eu viajava na inacreditabilidade do acontecimento presente
Eu chupava um caju amargo por possuir CO2 sólido
Mas a amargura não se diferenciava
Pois fiquei cego dos sentidos
Sobrou apenas a metáfora do meu futuro pós-morte
T a n
Enviado por T a n em 06/08/2005
Código do texto: T40648
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
T a n
Condeúba - Bahia - Brasil, 27 anos
31 textos (2090 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 07:58)
T a n