Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Subversiva

Circunscrevo o pedaço secreto do teu lábio
Ouço a nudez de um verso descascado
O céu recortado
De estrelas nomeadas e
Adormecidas
deslizam
Pelo mel
de um olhar infiltrado
Sumo
Bagaço
Erra mundo
De um outro lugar
Refúgio alado
Descolo as pragas do talvez
Era para ser
Exercício de amor primário
Autenticado no desejo sem ditado
Prosa arriada de vocabulário
A vida devorada de um escapulário
Minha prece neste intervalo apiançado
Desblindado de segredos fugitivos
Sai num grito concentrado
Outra vez
Repito-me em legítima mudez
Corpos grifados(em anéis viários???)
Dialetos raros
Como se posseiros lendários
Esquecessem as poses
“Nus”calendários
O meu amor desmedido violenta o teu retrato
Assino embaixo
Nasci pecado
Patenteada no tráfico do teu amor descabaçado.


Izabella Gamellas
Enviado por Izabella Gamellas em 06/08/2005
Código do texto: T40714
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Izabella Gamellas
São Luís - Maranhão - Brasil
107 textos (10690 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 22:11)
Izabella Gamellas