Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Verso e Anverso

Eu morro Morro eu
Tu morres Morres tu
Ele morre Morre ele
Nós morremos Morremos nós
Vós morreis Morreis vós
Eles morrem Morrem eles

           Detrás para frente,
           De frente para trás,
           É uma confirmação permanente,
           De que esta linearidade não acaba jamais.

É uma folha seca que cai,
Ou um sonho que se desfaz.
Uma estrela que perdeu o seu brilho,
Ou um grande amor que não volta mais.


           E um sábio, no alto da montanha,
           Tem o olhar fixo, meditando nas  noites frias.
          E com olhar compassivo, suspira no firmamento:
  - Que sejam breves estes dias!

EMERSON DANDA
Enviado por EMERSON DANDA em 06/08/2005
Reeditado em 25/02/2017
Código do texto: T40802
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
EMERSON DANDA
Toritama - Pernambuco - Brasil, 53 anos
111 textos (77026 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/03/17 09:38)
EMERSON DANDA