Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ORGIA A DOIS

[Redondilhas a dizer que TE QUERO, a lembrar do ANZOL]

No breu úmido da noite
Sinto a falta de coberta
Da tua boca entreaberta
Dos teus pêlos, meu açoite
Eu desejo esta noite
da constante descoberta
Que o nosso amor desperta

Suado e generoso afoite
Quero de novo,  acordada
E na tua perna enroscada
Brigando com o lençol
Eu  a isca, tu, anzol
numa orgia a ser pescada
Em  suspiros,  na escada

Coração em disparada
Minha boca,  paz serena,
Pede bis à pele tua
Suada, suave  e nua
A dizer que vale a pena
Nossa hora renovada
Em única e doce cena
Lili Maia
Enviado por Lili Maia em 06/08/2005
Reeditado em 07/08/2005
Código do texto: T40896

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lili Maia
Curitiba - Paraná - Brasil
484 textos (66687 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:54)
Lili Maia