Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ARY BRUM

Amigo de tanto tempo.
Tão grande no tamanho
Quanto no coração,
Caminhamos muito juntos
Em quase todas as ocasiões.



Você foi tão rapidamente...
Não esperou o Natal,
Não quis abrir as champanhas,
Não colocou o Papai Noel.
Não veio dar-me um abraço
Nem acendeu a árvore de Natal.


Foi tão silenciosamente...
Ficou a saudade e a dor
Ficou palavras não ditas,
Poemas por terminar...
Nós aqui, apenas sabemos
Que sem você, ficamos nós.


A sua rua agora é deserta,
Ficou morta, sem vida.
Agora, não o vejo mais,
Não há mãos que me \"abane\"
Que me abrace com emoção.


Grande amigo e irmão
Tão grande no tamanho e coração
Tão grande na amizade e companheirismo
Foi tão rápido, que assustou!
Que dor! Que saudade! Que desilusão!


Agora no céu, você é uma estrela
Uma estrela de maior grandeza,
Que brilha sempre e ilumina.
Deve, quem sabe estar ajudando
E brincando, atento aí no céu!
Com seu jeito especial, seu sorriso,
E nos olhos, gotas de amor e ternura.
A todos querendo amar!


Nós aqui na terra com saudades...
Ficamos sem você a lembrar!


                      Ao meu querido primo, irmão e amigo
                      Ary Custódio Brum. Com muitas saudades!
leinecy
Enviado por leinecy em 07/08/2005
Código do texto: T40916

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
leinecy
Rio Grande - Rio Grande do Sul - Brasil, 68 anos
239 textos (16771 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 14:44)
leinecy