Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
LEVEZA DA ALMA

Baila olhando o céu, leve como palha.
Plumas lançadas ao vento quase desvenda
Do corpo a volúpia à bela prenda
Que livre e solta o coração chacoalha.

A platéia ansiosa e serena não se espalha
Da colossal fogueira queima a lenha
Na mazurca talvez o amor se acenda
E de emoção o pobre olhar se orvalha

Sobre o tapete que doce semblante
Tua expressão nos torna gigantes
E faz exaurir-se a brutalidade dos homens

Pudera todas as mocinhas teu sorriso abraçar
No brilho de tua lâmpada macia caminhar
E honrar a gloria de teu caliente nome

R J Cardoso
Enviado por R J Cardoso em 09/08/2005
Reeditado em 29/08/2005
Código do texto: T41587
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
R J Cardoso
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
3128 textos (79551 leituras)
2 e-livros (393 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:00)
R J Cardoso