Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O BRASIL ENTRISTECEU

O Brasil Entristeceu


No dia primeiro de maio de 1994
O Brasil entristeceu
De uma triste corrida
Ayrton  Senna morreu
O querido e grande ídolo
Pelos brasileiros faleceu

As doze horas e 15 minutos
No  Brasil se espalhou
Aquela triste noticia
Ayrton Senna desencarnou
Todos brasileiros choraram
Ao saber o que se passou

Os brasileiros estavam ,
A contemplar a televisão
Torcendo pela vitoria
De nosso grande Campião
Naquela curva da morte
O ídolo ficou no chão

Foi uma hora tão triste !
Como doeu meu coração
Os brasileiros choraram
Por ver sei sangue no chão
Morreu pelo Brasil
Com o volante na mão









Na fazenda dois lagos em Itatuí
Os pais foram descançar
Eles estavam tão felizes !
A vitoria do filho a esperar
Naquela curva da morte
Só viram os pneus voar

Naquela curva assassina
O carro passou direto
Foi bater naquele muro
Todo feito de concreto
Em apenas alguns minutos
O médico estava bem perto

Quando o médico chegou
Foi logo tirando -lhe o macacão
Era tanto sangue vivo
Espalhado pelo chão
Veio uma parada cardíoca
E fizeram  Ressucitação

Em seguida um elicóptero
Baixou naquele lugar
Levaram o grande Ídolo
Botaram em um hospital
Depois de poucos minutos
A noticia ficou no ar

O Presidente da República
Decretou luto Nacional
O Brasil perdeu braço forte
Grande Campião esem igual
Que representava Brasileiros
Em Campionato Internacional






Grande Prêmio Sam Marino
Todos queriam ganhar
Nosso Campeão brasileiro
Já conquistava o primeiro lugar
Naquela curva assacina
Os pneus ficaram no ar

Bem antes daquela corrida
Com amigo Ele conversou
Que a segurança do carro
Não igual, ano que passou
Mas disse , seja o que Deus quizer
,Nas mãos de Deus Ele se entregou

Chegou perto do carro
Parou ficou olhando
No momento o poder de Deus
Parecia estar  avisando
Equipou-se entrou no carro
Já a corrida foi começando

Dez anos de fórmola um
42 vitoris alcançadas
Na pereferia de São Paulo
Fazenda Dois Lagos foi comprada
Para seu pai e sua mãe
E os subrinhoa  adorados


Dez anos o grande heroi
Cumpriu sua missão
A última vez que viajou
Alegre saíu de avião
Voltou alguns dias depois
Dentro de um triste caixão







Foi assim que se acabou
Um Grande Campeão brasileiro
No meio de gente estranha
Em um País extrangeiro
Agradeço aos Italianos
Que O socorreram primeiro


Uma pequena história
Tiradas de um coração
Para quem quizer lêr
E prestar bem atenção
Como foi que se acabou
A vida de um bom Cristão







COBI AV. BRASIL NÚMERO 100



MARIA CIPRIANO CELESTINO

VITORIA ESPIRITO SANTO        ( BRASIL )

8 DE JULHO DE 2005
POETIZA  ZIZI          
ZIZI CELESTINO
Enviado por ZIZI CELESTINO em 13/08/2005
Código do texto: T42394
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ZIZI CELESTINO
Vila Velha - Espírito Santo - Brasil, 88 anos
40 textos (28413 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 02:50)
ZIZI CELESTINO