Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O FIM DA SEMENTE



Brotou na terra do meu coração,
E nela ficou feito semente,
Que pouco a pouco foi crescendo,
E me tomou todo de repente.

Fincou suas raízes em minha vida inteira,
Tomou-me até a mente,
Se apossou até de minha razão,
Feito o bote de uma serpente.

Certa vez, virou sol, me olhou,
Enchendo o resto dessa vida de esperança,
Mas de repente seu tempo se fechou,
E o teu brilho ficou só na lembrança.

Chegava o temporal de solidão,
Que foi levando o que o amor plantou,
Esperanças, felicidade, paixão,
No fim, nada mais restou.
Duck di Sooman
Enviado por Duck di Sooman em 18/08/2005
Código do texto: T43461
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Duck di Sooman
Castelo - Espírito Santo - Brasil, 39 anos
23 textos (1886 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 17:48)