Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NUDEZ




Cai o pano que cobre o corpo
Desvenda o mistério imposto
Aos olhos nada sobra além do olhar
Há pouco, muito pouco para justificar
Tudo se foi, mas nada ficou clareado
A palavra dita foi forte, retumbou
O corpo tremeu e o pano caiu outra vez
Tornou-se venda ante os olhos da justiça
Pouco ficou, nada foi dito nem ouvido
Quem queria saber a verdade, não soube
Sentiu-se nu perante a mentira exposta
A pergunta ficou sem resposta
Ninguém falará...
Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 21/08/2005
Código do texto: T44249

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Denise de Souza Severgnini http://www.denisesevergnini.recantodasletras.com.br) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 57 anos
11345 textos (916764 leituras)
16 áudios (8882 audições)
311 e-livros (34110 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:11)
Denise Severgnini