Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

GUERREIRA

Muitos sonhos vão sumindo,

esperanças vão morrendo,

enquanto tento lutar,

recuperar o perdido,

reencontrar o sentido

de tudo que já vivi.

 

A realidade me toca

com mãos e garras, de gelo...

vai me mostrando a dureza

de sobreviver num mundo

sem sentimentos profundos,

iguais aos que já senti.

 

Onde está o Amor fraterno

a Paz, a Solidariedade?

Parece que será eterna

a egoísta "sociedade"

que conspurca a humanidade

porque pensa só em si!

 

Mas sou forte, vou à luta!

O barco não vou deixar!

Se não puder navegar,

deixo que vague à deriva,

mas consciente, estou Viva

e NÃO vou desanimar!!

 

Faça pouco ou faça muito,

o que me importa é fazer,

porque sei que elos, juntos,

nas correntes do querer,

se tornam indestrutíveis

e nos fazem imbatíveis!

 

 

Eu nasci Mulher guerreira!

Não conheço a covardia,

me entrego toda, inteira!

Se o destino anda à porfia,

eu já rasgo a alma inteira,

mas me mostro, verdadeira!!!

 

Arianne Evans
Enviado por Arianne Evans em 08/09/2005
Código do texto: T48657
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Arianne Evans
Curitiba - Paraná - Brasil, 66 anos
695 textos (57329 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 14:38)
Arianne Evans