Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Folha De Papel

Queria escrever de tal forma,
que com esse canto, grito ou verso
fizesse calar os pássaros
não porque os ignoro
mas por acreditar que seu canto
possue o tom e dom da mais
sublime expressão da natureza.

Escrevo porque quero que o meu canto,
embriaque as crianças.
Pois só algo puro e simples é capaz de tirá-las
da atenção do imaginável e ininarrável,
mundo infantil.

Escrevo para saudar os enamorados
mesmo depois de anos de casados.

Escrevo para velhos loucos, cansados
a espera de filhos que se dizem sóbrios;
esquecidos em algum canto
onde a esperança é a única coisa que os vigora.

Escrevo pois com meu canto
espanto meu pranto
que cai dos olhos meus,
assim me refaço com o encanto
que reluz dos olhos teus.

Escrevo, rabisco, encho folhas e folhas
de um verso sem sentido, sem nexo ou anexo.
Mas escrevo com a certeza,
de passar o que sinto e resgatar o imenso
saber do teu olhar atento,
talvez sem nada entender.
Assim continuo a cantar, escrever, rabiscar
o mais simples desejo do mundo:
O DESEJO DE AMAR!
Richard Leal
Enviado por Richard Leal em 11/09/2005
Código do texto: T49425
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Richard Leal
Uberaba - Minas Gerais - Brasil, 41 anos
4 textos (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:51)
Richard Leal