Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Corpo moreno

Eu te admiro há tantos anos desde a sua meninice quando o teu corpo começou a pegar forma
Pois o teu corpo e tão belo que eu te comparo as cachoeiras entre as florestas
Onde as águas são doces
Águas as quais desejo me saciar para matar minha sede de amor.
Essas águas eu admiro quando por entre as pedras caminha para os rios.

É fonte de águas inesgotável que nasce em você
E andando passa diante dos meus olhos.
Nesse momento fico ardendo em desejo
Gostaria de ser as pedras que estão no meio dessas águas,
Somente assim viviam sempre dominados pela as tuas forças.
Mais na verdade eu vivo a te olhar morrendo de sede receado pelo sol.
Mais sigo os teus passos ate um dia
Eu me afogar nestas águas chamada corpo moreno.
Eraldo costa
Enviado por Eraldo costa em 12/09/2005
Código do texto: T49809
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eraldo costa
Garanhuns - Pernambuco - Brasil, 33 anos
30 textos (6189 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:37)
Eraldo costa