Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TAPERA

Entre nuvens de luar, no alto do morro,
Já encoberta de heras, há uma tapera
Na saudade soluçando por socorro
Seu corpo estala no calor e frio da espera.

Uma trilha tênue, mal divisa
Sobe pelo morro, bate à porta
Corta um jardim de madressilvas
Jazem flores secas, vida morta.

O vento adentra como amante
Pelas portas sempre abertas
Ilusionando sons, movimentos dantes
Como se não fora já deserta.

Na espera da tapera
O tempo com ela se alia
Mudam-se as estações da era
Tempo e tapera, esperam novo dia.

Na força da luz do dia
Fende-se toda ao sol e seu calor,
Na solidão da noite busca alegria
Nos raios de luar, ilusão de amor.

Tapera e tempo em espera
Delongam num abraço eterno
Embalados à música sincera
Dos grilos ao coro dos pirilampos.
Erode Lino Leite
Enviado por Erode Lino Leite em 13/09/2005
Código do texto: T50061

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Erode Lino Leite
Nioaque - Mato Grosso do Sul - Brasil, 53 anos
121 textos (14578 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 15:09)
Erode Lino Leite