Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SENTENÇA

Mata-me.
Retira o apoio sob os meus pés
que impede o estreitamento do laço.
Prefiro a morte súbita
à agonia pelo sofrimento
que a espera me impinge.
Melhor que este lento penar
como a lâmina fria da adaga
penetrando fundo em meu peito,
de cujo repositório flui
o amor desconsolado,
apesar de gota a gota alimentar
minha outra paixão, a natureza.
Ou,
Dá-me a mão,
estreita-me em teus braços
e ceda-me a carícia dos teus seios
e o calor da tua boca.
Afago desejado e justiçoso.
Mario Rezende
Enviado por Mario Rezende em 15/09/2005
Reeditado em 27/09/2005
Código do texto: T50705

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Mario Rebelo de Rezende). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mario Rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
689 textos (50927 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 10:31)
Mario Rezende