Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dizeres de Loucura

O esforço todo é esforço pouco
Me esforço à mente para pensar
Se por querer mais é que sou louco
Sempre ganancioso;
Mais louco hei de ficar.

Se me julgas louco é porque não o é
Se te julgas normal, lhe repuguino
Se te julgas homem, pra mim não o é
Sou louco e sou grande;
Como louco é o menino.

Meu esforço de louco é para ser
Homem que tu diz que é, mas só diz
Pois se sou louco por mais querer
Para ficar louco, muito eu fiz.

Abaixo de mim estão os normais
Muito abaixo, tanto que não os vejo
Quero sim, e sempre vou querer mais
Se sou louco, sou louco por desejo.
Júnior Leal
Enviado por Júnior Leal em 21/09/2005
Reeditado em 21/09/2005
Código do texto: T52427

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Júnior Leal
Lagoa Santa - Minas Gerais - Brasil, 31 anos
958 textos (30823 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 16:26)
Júnior Leal