Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ESTAÇÃO DE MINH'ALMA

Tive que aprender a esperar
mesmo sem ter certeza
Não ando bem
e quase nada me interessa
Pareço com o dia de outono
"em total abandono"
mas tento me recuperar
voltar a algum lugar
Será que ainda existe
um ponto de partida?
ou uma volta
menos dolorida?
Tento arrancar as folhas secas
para que as novas criem força
mas as que já estão no chão
doem enquanto são pisadas
e as que ainda nascem
machucam forte
meu coração fraco
Não sei se um dia terei sorte,
mas hoje só você é meu sustento
Sem pensar em ontem
sigo triste nesse lamento,
tentando entender
o que não faz sentido
Esperando o sol nascer
para aquecer minha pele
que está úmida de tanta chuva que cai
confundidas com as lágrimas que saem
E se essa chuva terminar,
assim que o inverno passar;
a primavera chegará mais rápido
É só uma questão de sorte
mas ainda não sei se acredito

24.Março.2005
18h54
ITANHAÉM   SP
Míriam Torres
Enviado por Míriam Torres em 24/09/2005
Código do texto: T53517
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Míriam Torres
Itanhaém - São Paulo - Brasil
307 textos (17335 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 10:06)
Míriam Torres