Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Bamba

Ela é bamba,
parece uma criança
que já não faz xixi na cama.
Ela é uma escultura
sem igual
enfeitiça o pessoal.
Tem um rebolado sem igual.

Na pista de dança
ela arrepia;
No salão dá um show;
Apaga seus pares
sejam lá quem for.

Desaparece quando a tentam encostar
não deixa ninguém se aproximar
Foge de mim e de quem for,
mas não por se achar...

É simplesmente
por respeitar
seu marido que em casa está.
Pois é
Imprudente eu dela
me aproximar

Quem é que iria imaginar
Casada e mãe de três filhos
Há que se respeitar!


                                                       Pablo M. Rodriguez (recanto)
Paez
Enviado por Paez em 25/09/2005
Reeditado em 19/08/2006
Código do texto: T53709
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paez
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 38 anos
133 textos (6348 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 22:45)
Paez