Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Coração insensato

Não sinto nada. Coração insensato
Por que deveria sentir?
Amei e não fui amado
Por que agora tenho que fingir?

Fingir o amor que não merece
Dar-lhe o amor que te apetece
Não sou fingidor e incoerente
Respeito teu jeito indiferente

Sinto o vazio no corpo, no olhar
Estou à procura da felicidade
Encontro às águas do mar
Abundantes, como a saudade
Juraci Rocha
Enviado por Juraci Rocha em 27/09/2005
Código do texto: T54224

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Juraci Rocha Silva). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Juraci Rocha
São Paulo - São Paulo - Brasil
342 textos (131989 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 20:50)
Juraci Rocha