Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tempo


Caminhando, em passos largos
observo tantas coisas, que antes não conseguia ver
em meus poucos anos vividos tudo via, nada enxergava
queria tudo, mas somente conjugava o verbo querer

pelas esquivas haviam pessoas vivas e mortas
sobre o chão - carregado de sonhos e desesperanças
nuvem clara ao mesmo tempo escura de fazer chover
destino, angústias, qualquer caminho - andanças

peito inflamado de mágoas, dissabores
amores afastados, esquecidos, incompreendidos
gigantes em força oposta - puxando ao contrário
tempo passando, trovoadas, raios, reflexos sumidos

tanto tempo e o tempo é o senhor das coisas
inconformados, não respeitamos – desafiamos - morremos
jamais esperamos as voltas, os recomeços
agora, só agora, por isso, perdemos


atanazio mario fernandes Lameira
Enviado por atanazio mario fernandes Lameira em 28/09/2005
Código do texto: T54641
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
atanazio mario fernandes Lameira
Laguna - Santa Catarina - Brasil
364 textos (12408 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 11:49)
atanazio mario fernandes Lameira