Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Instinto

São muitos os caminhos que já percorri
pois procuro novos rumos a cada novo dia
meu destino sou eu quem traça
sigo para onde quero, não para onde querem me levar

Se não consegue me entender
nem vai me ver
se já não mais me vê
nunca irá me entender

Não se preocupe comigo
pois fui, sou e sempre serei imprevisível
já foram muitas coisas deixadas para trás
só por causa de meus súbitos ímpetos

Pelo menos tenho minha consciência
a qual me faz olhar para trás
e verdadeiramente enxergar meus erros
mas infelizmente só enxergar

E se um dia eu pudesse
eu voltaria a alguns anos passados
e tiraria meus pensamentos obscuros
quem sabe assim não cometesse tantos erros

Mas mesmo tendo uma vida assim, tão desregrada
não me arrependo de ser como eu sou
pois posso até ter perdido muitas coisas por isso
mas com certeza, também já ganhei milhares de outras.
Diogo Zanon França
Enviado por Diogo Zanon França em 30/09/2005
Código do texto: T54974
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Diogo Zanon França
Uberaba - Minas Gerais - Brasil, 34 anos
30 textos (2094 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 06:04)
Diogo Zanon França