Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A axila feminina


Mulher, você não imagina
Enquanto o cabelo ajeita
Que coisa mais feminina
Que variedade perfeita

Que postura bonita
Os braços arcados
Trançando com fita
O rabo-de-cavalo

Mostra essa axila, menina
Não ache estranho, não
É uma preferência fina
Não é coisa de doidão

Eu sei que é diferente
Gostar justo dessa parte
Mas acredite na gente
Se a mulher é arte

Não será esse recanto
Que deixaremos passar
Parte que agrada tanto
De repousar o olhar

Essa parte protegida
Íntima, quase secreta
Espera por ser acolhida
Declarada predileta

Mulher não duvide
Do seu encanto, faceira
Tu não és só “peito e bunda”
É pra se admirar inteira
Odemilson Louzada Junior
Enviado por Odemilson Louzada Junior em 30/09/2005
Código do texto: T55009
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Odemilson Louzada Junior
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 42 anos
299 textos (13660 leituras)
1 áudios (33 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:42)
Odemilson Louzada Junior