Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TREVAS

Hoje o mar nasceu
sem cor
sem ondas
e eu acordei sem vontade de sonhar
Meu dia está nublado
meu semblante está cansado
meu coração perdeu
a capacidade de amar
Se escondem
meus sentimentos
sou agora tristeza
e minhas lágrimas salgam o mar
Quero achar meu
elo perdido
juntou-se ao
ego iludido
numa maré que não quer passar
Junto meu canto
ao silêncio do acalanto
pego o sal para me cegar
Não ouço
não falo
não sou nada
nada valho
Não há mais amor
tudo tem seu fim
hoje espero
o sol nascer
Mas são as trevas
que se abrem pra mim

07.Maio.2005
22h32
ITANHAÉM  SP
Míriam Torres
Enviado por Míriam Torres em 01/10/2005
Código do texto: T55524
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Míriam Torres
Itanhaém - São Paulo - Brasil
307 textos (17335 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:49)
Míriam Torres