Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NOITES DE INSÔNIA - DIAS DE AÇOITE

O cão ladra na janela da noite
Com olhos pesados
aguardo deitado
o repique das horas ...
O novo açoite.

A cadela anda na rua
qual lebre corrida
Com sono pesado
sou livre das dores
e horas de insônia
no processo da vida.

O sol desponta no mesmo horizonte
Amantes descansam a noite de orgia.
Levanto calado,
vestindo apressado ...
Encaro meu mundo com a bóia-fria.

(Da obra inédita - RESISTÊNCIA)
Camponez Frota
Enviado por Camponez Frota em 02/10/2005
Reeditado em 02/10/2005
Código do texto: T55674
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Camponez Frota
Cachoeirinha - Rio Grande do Sul - Brasil
46 textos (83772 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 12:51)
Camponez Frota