Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tempo

Vejo passar o mundo pela janela
vivo sonhos de amor adormecidos
pedaços de mim própria,mutilados
minhas auroras mortas,amarelas

Sou a alma de um corpo solitário
sorrisos sem graça, luzes apagadas
ando sem rumo sempre triste e calada
meus lábios amargurados, sinto o frio

Sou viajante de sonhos  vividos
paixões desilusões vivo com elas
salto o abismo de tempos perdidos

Nada me pertence,estou cansada
enlouquecida pela vida,choro e rio
Amanhã talvez seja amada...
Isa Castro
Enviado por Isa Castro em 03/10/2005
Código do texto: T56161
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Isa Castro
Portugal
169 textos (11649 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 14:42)
Isa Castro