Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Reflexões Verde e Amarelas

Arara azul da Amazônia,
garimpando claridade,
vasculhando sem peçonha,
por um céu de liberdade...

Pousa e pia o passarinho,
Sabiá das laranjeiras,
tantas grades cercam o ninho,
com tristezas passageiras...

Sertanejo e Sertaneja,
secas mãos de renda e arte.
Oração, se relampeja,
molha o solo que se parte...

Pantaneiros entre Garças.
Por-do-sol de Igarapés.
Vestem céu de cor e graça,
sob o olhar dos jacarés...

Boiadeiro sem boiada.
Pelos Pampas, chimarrão.
Corta o vento na chibata,
conta tempo, o carrilhão...

Entre luzes da Cidade,
tantos sonhos vão passando.
Muitos cantam sem vontade,
quando a fome vai matando...

Ah País! Dversidades!
Guardas tanta belezura,
mas padeces na verdade,
num governo de amargura...

Sem Vontade!
Sem Coragem!
Sem Princípios!
Sem Cultura...



 

 

 
 

 
 
Day Moraes
Enviado por Day Moraes em 10/10/2005
Código do texto: T58267
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Day Moraes
Angra dos Reis - Rio de Janeiro - Brasil
137 textos (4782 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 21:55)
Day Moraes