Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Algema e Laço

Não sei se o tanto que te aguardo,
é a livre espera de uma vida.
Aonde te faço noite em meu regaço,
e aonde te tenho como dimensão e espaço.

Não sei, se o que te quero é tão bastante,
que te transforme a vida, em meu retrato,
nem como apagar as más feridas,
que o meu amor te agrega ao próprio passo.

Não tenho o que saber dos sonhos,
nem sei o que fazer com os braços,
se a cada dia que te encontro,
de mais distância aumenta o traço.

Só vejo a sombra em teus sorrisos,
das marcas frias do cansaço,
aonde sou teu grito e espelho,
e aonde és algema e laço...
Day Moraes
Enviado por Day Moraes em 10/10/2005
Código do texto: T58551
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Day Moraes
Angra dos Reis - Rio de Janeiro - Brasil
137 textos (4782 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 11:59)
Day Moraes