Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NOTICIAS

NOTICIAS

Olá!
Como Vai?
Eu estou assim,
Nem bem, nem mal.
Acho que muito pelo contrario.
 
Por vezes sorrio
Quando lembro de você,
E então me deixo levar
Pela fantasia de povoar
O céu da sua boca.

Outras vezes
Caminho solitário pelas madrugadas vadias
Procurando um trago de emoção,
Enchendo a cara de tesão.

Muitas vezes,
Quando a solidão permite,
Eu me perco nas camas
Entre pernas e vaginas,
Pentelhos e calcinhas,
Linguadas e peitinhos,
Que provocam suicídios
dos espermas bêbados
Em camisinhas, ou latrinas infiéis.

Tantas vezes
Eu sucumbo à bebida,
Que faz sangrar a ferida,
De estar tão longe de você.



......................................Pierre Palmare
Pierre Palmare
Enviado por Pierre Palmare em 10/10/2005
Reeditado em 22/10/2005
Código do texto: T58570
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Pierre Palmare
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
16 textos (2767 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 10:49)