Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Portões do inferno

Por mim se vai a cidade dolente,
Por mim se vai a eterna dor,
Por mim se vai a perdida gente,
Justiça moveu o meu alto criador,
Que me fez com o divino poder,
O saber supremo e o primeiro amor.
Antes de mim coisa alguma foi criada
exceto coisas eternas, e eterno eu duro
Deixai toda esperança, vós que entrais!
anjo da noite
Enviado por anjo da noite em 15/10/2005
Código do texto: T59896
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
anjo da noite
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 29 anos
27 textos (1147 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:48)
anjo da noite